Pílula do Dia seguinte – Informações e Como usar

Saiba todas as informações e como usar a Pílula do dia seguinte

Existem vários métodos de evitar uma gravidez, como o uso de preservativos e anticoncepcionais, mas se naquela hora você não usou nenhum tipo de prevenção ou se você achou que um dos métodos não funcionou, hoje existe uma ultima saída de correr o risco de ter uma gravidez indesejada que é a Pílula do dia seguinte.

A Pílula do dia seguinte é a ultima opção de correr certos riscos, se você optar por tomá-la é bom saber um pouco sobre ela, não é mesmo?!

Uma das principais dicas sobre a Pílula do dia seguinte é que ela não serve como um anticoncepcional comum, então não se deve tomá-la cada vez que houver uma relação sexual. Depois de alguns usos seguidos da Pílula sua eficácia diminui e o risco de se engravidar aumenta. Ela deve ser usada em casos super emergências, de ultima hora mesmo.

Temos dois modos diferentes de tomar a Pílula do dia seguinte, um deles é a dose única e o outro é em dose dupla, que no caso são dois comprimidos (um deve ser ingerido logo após a relação e o outro após 12 horas). Ambas as formas da Pílula do dia seguinte devem ser tomadas com o prazo de 72 horas após a relação sexual, quando mais tempo se passar após a relação sexual menor será a eficácia contraceptiva da Pílula.

Muito importante todas saber que a Pílula do dia seguinte não é um método abortivo, pois ela age antes que a gravidez ocorra, ou seja, se a fecundação ainda não ocorreu, a pílula irá dificultar o encontro do espermatozóide com o óvulo, no caso da fecundação ter ocorrido a pílula irá provocar descamação do útero, impedindo que o óvulo fecundado se implante no mesmo, e por fim, se a o óvulo fecundado já tiver sido implantado no útero, a pílula do dia seguinte não terá o menor efeito.

Mas o uso da Pílula do dia seguinte também causa alguns efeitos colaterais como enjôo, náuseas, vômitos, dor de cabeça, sensibilidade dos seios, alteração no ciclo menstruação e no tempo de ovulação, entre outros efeitos.

O uso da Pílula só é válida para a relação sexual que ocorreu anteriormente a sua ingestão, não sendo valida para outra relação que possa ocorrer.

Comments

comments