Como tomar Pílula do dia seguinte



Há várias dúvidas sobre a pílula do dia seguinte que todas as mulheres devem saber. Essa é uma pílula de emergência que é capaz de prevenir uma gravidez indesejada no caso de um acidente, mas antes de ser usada é preciso saber mais sobre ela e ter cautela ao seu usada.

Saiba como usar a Pílula do dia seguinte corretamente

Essa pílula é famosa entre as mulheres pelo fato de evitar uma gravidez indesejada, é um método anticoncepcional de emergência que pode evitar a gravidez quando acontece de a camisinha estourar, quando não se faz o uso da camisinha ou encontrar a cartela de anticoncepcional com comprimidos esquecidos após a relação.

– Anticoncepcional engorda?

Embora seja um método contraceptivo de emergência é indicada quando não há outra alternativa para evitar uma gravidez indesejada, mas é preciso tomar algumas precauções antes de ser usada, e recorrer à ela somente em situações de real emergência.

pilula do dia seguinte 2

A pílula do dia seguinte é cercada de dúvidas e insegurança, pensando nas dúvidas frequentes das mulheres separamos algumas delas com as suas respostas, confira a seguir.

Ginecologista online gratuito

Como tomar a pílula do dia seguinte:

A pílula do dia seguinte deve ser tomada até 72 horas após a relação sexual, depois desse tempo a pílula pode não fazer efeito. As chances de prevenir a gravidez são maiores se a pílula for tomada logo após o ato sexual, então quanto mais tempo a mulher demorar para tomar a pílula, menores são as chances de fazer efeito. Além disso existem dois tipos de pílula de usos diferentes, uma delas é de dose única que deve ser tomada até 72 horas e a outra é a de dois comprimidos, o primeiro deve ser ingerido logo após a relação e o segundo 12 horas depois.

Pílula do dia seguinte: Tire suas dúvidas

Ela é abortiva? 

Não. Ela age antes que a gravidez ocorra. Ela impede ou retarda a liberação de um óvulo do ovário, impedindo a fecundação. Outro efeito é ‘atrapalhar’ a fixação do óvulo fecundado no útero. Além disso, a pílula do dia seguinte modifica o muco cervical, dificultando o transporte dos espermatozoides em direção ao óvulo.

Posso tomar com frequência? 

Não é recomendado, pois ela perde a eficácia, aumentando o risco de gravidez. Além disso, graças a sua alta dose de componentes hormonais, ela pode causar reações adversas como náuseas, alteração do ciclo menstrual, dor de cabeça e diarreia.

Qual é a sua eficácia?





Se for tomada no primeiro dia, é de 95%. No segundo dia após a transa, cai para 85%. Portanto, quanto antes tomar a pílula do dia seguinte, melhor.

Após tomar a pílula do dia seguinte posso continuar com a pílula anticoncepcional?

O ideal é esperar a menstruação vir novamente e assim começar uma nova cartela da pílula anticoncepcional. Mas lembre-se a pílula do dia seguinte não tem efeito cumulativo, não deve ser trocada por camisinha, então sempre se proteja.

Quais seus efeitos colaterais? 

Os efeitos colaterais são a alteração do ciclo menstrual, dor de cabeça, náuseas, vômitos, diarreia e seios sensíveis. Mas os efeitos variam de pessoa para pessoa e podem durar algumas horas ou dias.

Existe contraindicação?

Mulheres com distúrbios metabólicos, principalmente insuficiência hepática e tromboembolismo venoso devem evitar tomar o medicamento. É importante conversar com um médico antes.

Mesmo tomando a pílula é possível engravidar? 

Sim, a pílula do dia seguinte pode falhar como todo outro método contraceptivo.

Como comprar, preciso de receita médica? 

Não é preciso de receita médica para comprar, é só ir a farmácia pedir e comprar. A pílula do dia seguinte custa em média R$10,00 e também pode ser adquirida em postos de saúde sem receita médica.

Embora seja um método contraceptivo de emergência e de fácil acesso não substitui o uso de outros contraceptivos. Também é aconselhável sempre conversar com um ginecologista para tirar mais dúvidas.

Confira mais informações e dúvidas da pílula do dia seguinte e saiba até quantos dias é normal a menstruação atrasar.



Comments

comments